04/10/2019 às 15h40min - Atualizada em 04/10/2019 às 15h40min

Em menos de 24 horas, três homicídios são registrado em Simões Filho

Juliana Ribeiro
Fala Simões Filho
Foto: reprodução
Em menos de 24 horas, a Polícia Militar registrou três homicídios por disparos de arma de fogo em Simões Filho, cidade que compões a região metropolitana de Salvador (RMS).

De acordo com as informações da 22ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) primeiro caso foi registrado na tarde desta quinta-feira (03/10), após o jovem Janderson Bueno da Silva Junior de 19 anos ser morto a tiros dentro do condomínio residencial do programa habitacional Minha Casa Minha Vida, Universitário II, no bairro de Vida Nova.

Ainda segundo a PM, por volta das 17h10, o Centro Integrado de Comunicação (CICOM) informou aos agentes militares que deslocaram imediatamente para atender a ocorrência e, ao chegar ao local verificou-se que a ocorrência possuía procedência .Equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Emergência (SAMU), foi acionada e ao chegar ao local, o médico constatou o óbito.

Em um vídeo que ainda circula nas redes sociais sobre o caso, mostra momento em que a mãe do rapaz, em desespero abraça o filho que está no chão já sem sinais vitais. A reportagem do Fala Simões Filho teve acesso à gravação, mas não divulgou o vídeo por conter imagens fortes, impróprias e por respeito aos familiares da vítima. Não há informações sobre autoria e motivação do crime. O caso será investigado pela 22ª Delegacia Territorial de Simões Filho.

Outro caso
Na manhã desta sexta-feira (04), a polícia registrou um duplo homicídio na Rua da Grécia, no bairro Luis Eduardo Magalhães, mais conhecido por Barreiro. Os jovens David dos Santos Oliveira, 18 Anos e Alessandro Santos de Souza, 19 anos foram mortos a tiros em plena luz do dia em via pública, próximo a um estabelecimento comercial. A ação criminosa deixou os moradores da localidade assustados, por isso preferiram não conversar com a imprensa.

A polícia não possui informações sobre autorias e motivações dos crimes, os casos será investigado pela 22ª Delegacia territorial de Simões Filho. Os horários dos sepultamentos deverão ser divulgados pelos familiares após a realização de todos os procedimentos cadavéricos e liberação dos corpos. Os jovens devem ser sepultados neste sábado no Cemitério de Simões Filho, São Miguel no bairro Ponto de Parada.

Redução do homicídio
No mês de setembro de 2019, a 24ª Área Integrada de Segurança Pública (24ªAISP), divisão que integra a área de responsabilidade da 22ª CIPM/Simões Filho,na região metropolitana de Salvador (RMS) registrou uma queda dos índices absolutos de Crimes Violentos Letais e Intencionais – CVLI.

De acordo com as informações divulgadas pela companhia, foi uma redução de cerca de 40% dos índices referentes ao mesmo período de 2018, número significativo que coloca a 22ªCIPM entre os índices de redução mais expressivos desse período da Região Metropolitana de Salvador.

“Esse trabalho é fruto de uma estratégia de comando com ações voltadas ao policiamento preventivo que visem reduzir os índices de violência e criminalidade com foco especial a valorização da vida”,comemorou a corporação.

Prêmio por bom desempenho

No início do mês de setembro, a assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública informou ao FALA SIMÕES FILHO, de que policiais lotados na 22ª Delegacia Territorial e da 22ª Companhia independente de Polícia Militar (CIPM) receberiam uma premiação bom por desempenho. A iniciativa é do Governo do Estado faz parte do Prêmio por Desempenho Policial (PDP), ação desenvolvida pela Secretaria da Segurança Pública e que busca incentivar e reconhecer os esforços no combate à criminalidade.

Na Bahia, o total serão 25,3 mil servidores contemplados, entre eles 19.590 militares, 4.355 civis, 841 técnicos e 563 que atuam em superintendências da SSP. Criado em 2013, o PDP já pagou 172 milhões de reais a 132,5 mil servidores.



 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Disponível no Google Play
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale com o Jornal