16/10/2019 às 16h03min - Atualizada em 16/10/2019 às 16h03min

Estuprador em série: Homem anuncia falsos empregos e é acusado de estuprar 40 mulheres

Juliana Ribeiro
Simões Filho Online
Foto: Divulgação/SSP
Já mostramos aqui neste portal de notícias, diversos casos envolvendo abuso sexual conta mulher e crianças por todo o país. Cada caso, um novo drama, uma nova dor e principalmente uma marca, que ficará na vida da vítima pelo resto dos dias em que viver.

Desta vez, uma série de estupros, tem chocado os moradores de Salvador, Simões Filho, Camaçari e outras cidades da Região Metropolitana, na Bahia. O crime é repugnante e o clima de revolta é tenso, principalmente nas redes sociais, após a policia baiana elucidar e prender o autor de estupros em série.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), a polícia estima que o auxiliar de serviços gerais, Luís Alberto dos Santos Farias, 35 anos, seja autor de, pelo menos, 40 estupros e pode se tornar o maior estuprador em série da Bahia. Ele foi preso na última quinta-feira (10/10), em um centro comercial, na Avenida Octávio Mangabeira.

O acusado teve o mandado de prisão preventiva cumprido em uma ação conjunta, integrada por policiais da 18ª Delegacia Territorial (DT), de Camaçari, da 19ª DT / Itaparica e 4ª DT / São Caetano, com apoio da Coordenação de Operações Especiais (COE).

Os crimes
Segundo a SSP, os crimes atribuídos a Luís Alberto foram registrados entre fevereiro e setembro deste ano. De acordo com as investigações, o autor procurava as vítimas, a partir de anúncios de emprego, em um site de vendas. Em seguida, ele se passava pelo motorista de um suposto contratante, dopava as mulheres e cometia os estupros.

De acordo com a diretora do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), delegada Fernanda Porfírio, com a prisão de Luís Alberto, mais vítimas podem aparecer. “Se trata de uma investigação que iniciamos durante o carnaval deste ano, com registros em diversas unidades de Salvador e RMS. Ele confessa 13 estupros e acreditamos que esse número pode aumentar, após esta apresentação”, comentou.

Coletiva de imprensa apresenta homem suspeito de 13 estupros — Foto: Divulgação/SSP
Segundo a delegada Thais Siqueira, a polícia chegou a Luís Alberto após ele cometer um estupro e abandonar o veículo Chevrolet Montana, cor preta, utilizado para os crimes, atolado, em uma região de brejo, de Camaçari, no dia 23 de setembro.

A vítima levou os policiais até o local onde carro estava. “Já sabíamos da existência do veículo, que possui restrição de roubo e placa clonada. Ele costumava abandonar e roubar as mulheres após cometer os estupros”, explicou a delegada.

Com Luís Alberto, foram apreendidos medicamentos, entre eles, um comprimido de estimulante sexual, além de uma balaclava preta e um coldre de arma de fogo. O criminoso foi preso em flagrante por estupro, em 2007, e possui uma condenação por receptação de veículo roubado. Ele está à disposição da Justiça e seguirá para o sistema prisional.

O criminoso foi apresentado durante coletiva de imprensa, na sede da Polícia Civil, na Piedade. A apresentação foi conduzida pela diretora do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), delegada Fernanda Porfírio, pela titular da 18ª Delegacia Territorial (DT), de Camaçari, delegada Thais Siqueira, e o delegado Leandro Acácio da Cruz de Jesus, da mesma unidade.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Disponível no Google Play
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale com o Jornal