19/11/2019 às 18h20min - Atualizada em 19/11/2019 às 18h20min

Causa do acidente na Via Atlântica foi ultrapassem proibida, aponta motorista da caçamba

Bruno Cordeiro - Camaçari 24 Horas
CN1
Causa do acidente na Via Atlântica foi ultrapassem proibida, aponta motorista da caçamba
O acidente que matou o funcionário da Prefeitura de Simões Filho, nesta segunda-feira (18), na Via Atlântica (Estrada da Cetrel), foi caudado por uma ultrapassagem em local proibido. É o que aponta o motorista da caçamba, segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE). Por volta das 10h50, o veículo conduzido por Joaquim Pereira de Lima colidiu com uma caçamba. Joaquim chegou a ser socorrido para o Hospital Geral de Camaçari (HGC), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O motorista da caçamba, Renato Santos Castro, contou a PRE que estava conduzindo o veículo quando se deparou com uma Pajero prata que vinha no sentido contrário fazendo uma ultrapassagem em local proibido. Renato afirmou à polícia que para evitar a colisão, jogou o veículo para o acostamento, porém a Pajero atingiu a lateral do caminhão, que tombou na pista e teve o eixo partido.

Os veículos foram encaminhados para o posto da Polícia Rodoviária Estadual.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Disponível no Google Play
Moeda Valor
Servidor Indisponível ...
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Fale com o Jornal