13/09/2021 às 12h10min - Atualizada em 13/09/2021 às 22h00min

Instituto realiza atendimentos, exames e cirurgias gratuitas em idosos de Salvador nesta semana

A Semana da Catarata, ação coberta pelo SUS, acontece entre os dias 14 e 18 de setembro, na sede do instituto

SALA DA NOTÍCIA JAIR MENDONÇA JR.
Divulgação Ioba
O Instituto Oftalmológico da Bahia (Ioba) realizará a I Semana da Catarata, em Salvador. A ação faz parte da estratégia de cirurgias eletivas, do Governo Federal, e contará com a realização de avaliação oftalmológica, exames e agendamento imediato para a cirurgia, além de orientações e palestras sobre cuidados com a visão e patologias oftalmológicas. Os atendimentos, entre o dia 14 e 16, serão das 7h às 15h, e no dia 18, das 7h às 11h,  na sede do Ioba, avenida Fernandes da Cunha, 115 - Mares, região da Cidade Baixa. 

Os atendimentos são gratuitos, custeados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), por meio do Ministério da Saúde, e tem como principal objetivo o diagnóstico de catarata - que é uma doença passível de ser inteiramente curada quando tratada adequadamente. 

Ao todo, serão 100 atendimentos diários. Ao longo dos cinco dias, a expectativa é de que 341 cirurgias para Correção da Catarata sejam agendadas. Além da avaliação médica, a ação propõe ainda a realização dos exames e o agendamento imediato de cirurgias, no caso de ser identificada a necessidade do procedimento operatório - também sem custos ao paciente. 

Conforme orientação do Ioba, é necessário que os interessados dirijam-se à clínica nos dias da ação e caso tenham dúvidas, entrem em contato por meio do telefone (71) 3015-1536. "Nossa prioridade é atender pacientes acima de 60 anos, que é a faixa etária em que a doença é mais comum, porém pacientes abaixo de 60 anos que já tenham diagnóstico médico da patologia também poderão ter acesso", explica Dra. Simone Carvalho Hipólito, médica oftalmologista e responsável técnica do Ioba. 

Catarata

Doença que atinge especialmente os idosos, a partir dos 60 anos, a catarata é a primeira causa de cegueira reversível no mundo. No Brasil, responde a 49% de cegueira tratável. Ou seja, a pessoa vai perdendo a nitidez da visão e percepção das cores mas pode, com uma intervenção cirúrgica, reverter os danos. 

De acordo com especialistas, a perda da visão ocorre gradativamente devido ao envelhecimento natural dos olhos. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que a doença acomete 17% das pessoas, entre 55 e 65 anos; 47% entre 65 e 75 anos; e 73% a partir dos 76 anos.

Segundo o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), informações de levantamentos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) dão conta de que entre 2010 e 2019 o número de cegos no Brasil triplicou, saltando de 506,3 mil para 1,577 milhão. "O tratamento da catarata é cirúrgico, onde a catarata é retirada e substituída por uma lente intra-ocular, com o objetivo de restabelecer a visão do paciente", explica Dra. Simone Carvalho Hipolito.

Segundo o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), informações de levantamentos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) dão conta de que entre 2010 e 2019 o número de cegos no Brasil triplicou, saltando de 506,3 mil para 1,577 milhão. 

O CBO analisa, portanto, que há deficiência na busca por tratamento, já que é um procedimento que se mostra eficaz, com riscos mínimos em virtude da alta tecnologia empregada na cirurgia. O operatório dura em média 15 minutos e sem necessidade de internamento ao paciente.

SERVIÇO
Estratégia de ampliação do acesso aos Procedimentos Cirúrgicos Eletivos 
É necessário portar: RG, CPF, comprovante de residência e o cartão do SUS (de Salvador)
Informações: (71) 3015-1536 
Quando: 14, 15, 16, 17 e 18 de setembro
Horário: terça a sexta das 7h às 15h e sábado das 7h às 11h
Onde: Instituto Oftalmológico da Bahia - Avenida Fernandes da Cunha, 115 - Mares | CEP: 40.444-201, Salvador - BA
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp