13/09/2021 às 15h09min - Atualizada em 13/09/2021 às 22h40min

Diversidade cultural e o desenvolvimento do homem

(*) Marli Turetti Rabelo Andrade

SALA DA NOTÍCIA NQM
http://www.uninter.com
Divulgação
A multiculturalidade ou a criação de várias culturas num mesmo território, tem por objetivo observar o desenvolvimento social do ser humano, sob o reconhecimento da dignidade humana e da expressão significativa dos direitos humanos. É um fenômeno social que faz parte da história e da evolução do homem e pode ser relacionado com a globalização e as sociedades pós-modernas. Inclui-se nesse fenômeno as diferenças étnicas, culturais e religiosas, já que as características de um povo estão em seus hábitos, valores, crenças e tradições.

Ao longo do tempo as culturas foram sendo afetadas por valores culturais diferentes, como a economia, política e ideologias. No Brasil, a diversidade cultural possuí suas raízes na colonização e nos povos indígenas, que habitavam as terras brasileiras.

As Organizações Internacionais buscam os aspectos culturais comuns e sua integração, para o seu desenvolvimento, como a União Europeia. Em outros países, a diversidade cultural nesse caso, pode causar conflitos de interesses, e transformar as decisões em conflitos e violência, principalmente quando trata-se dos recursos naturais. O declínio econômico, e a pobreza podem gerar grandes dificuldades econômicas e a desigualdade social.

A civilização é como se fosse uma identidade cultural, pois atinge os grupos étnicos de diferentes tradições.

O Estado Liberal permite observar os direitos humanos e sociais, de todas as etnias promovendo o diálogo entre as culturas, respeitando a diversidade cultural, religiosa e a individualidade do ser humano. O multiculturalismo é um potencial econômico globalizado, promovendo a necessidade de superar os conflitos culturais e religiosos, na concepção da dignidade do ser humano, com o diálogo intercultural.

Esse contexto social civilizatório, no qual a educação, a ciência e a cultura compõem o desenvolvimento do ser humano na sociedade, possibilita a transmissão da cultura e da educação da humanidade contribuindo para com a justiça, liberdade, paz e a dignidade humana.

Marli Turetti Rabelo Andrade é doutoranda em Educação e professora da Área de Humanidades do Centro Universitário Internacional - UNINTER

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp