01/09/2021 às 11h56min - Atualizada em 14/09/2021 às 00h00min

Decoy leva tecnologia do controle biológico para pecuaristas na Expointer

Startup já tratou mais de 110 mil cabeças de gado de produtores gaúchos e pretende impulsionar ainda mais parcerias na região

SALA DA NOTÍCIA Isabela Rodrigues
 

O Rio Grande do Sul possui um rebanho expressivo de mais de 12 milhões de cabeças de gado, predominantemente de origem europeia. Por conta do grave histórico de infestações e resistência do carrapato na região, o estado há tempos procura uma alternativa que traga resultados positivos no combate ao parasita. Buscando atender a essa demanda, a Decoy Smart Control, desenvolvedora de soluções biológicas para controle de pragas, levará suas tecnologias à Expointer, maior exposição de animais, máquinas, implementos e produtos agropecuários do sul do país, que acontece de 4 a 12 de setembro, em Esteio.

 

A startup desenvolveu uma forma alternativa - e sustentável - de contenção do carrapato-do-boi. Diferentemente da concorrência, que oferece apenas soluções químicas, a Decoy é a primeira empresa a levar o conceito de controle biológico para a área de saúde animal no mundo. A solução tem como princípio ativo esporos de fungos, inimigos naturais da praga. Quando aplicada no gado ou na pastagem, entram em contato com o parasita, germinam e digerem os carrapatos, levando-os à morte. 

 

“Levaremos à Expointer toda nossa linha tecnológica, com tratamentos customizados que podem ser utilizados por pecuaristas de leite ou corte, em diferentes fases da vida do animal, seja terneiro, adulto ou uma vaca prenhe. Os produtos podem ser aplicados por meio de diversos mecanismos, seja banheiro de imersão, aspersão, bomba costal para o animal ou até mesmo em aviões e drones para o campo”, explica Lucas von Zuben, CEO da Decoy. 

 

Vale ressaltar ainda que as soluções da startup não deixam resíduos no leite e na carne. Além disso, não é tóxica para humanos, e nem para os animais, e, como se trata de um inimigo natural dos ectoparasitas, não há problemas com resistência ao seu método de controle. 

 

Enquanto aguarda a aprovação de documentos junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) para iniciar a comercialização, a Decoy atua diretamente no setor e tem um programa de parcerias com pecuaristas. “Disponibilizamos as soluções aos produtores e eles fornecem informações sobre o tratamento, além de uma ajuda de custo para o desenvolvimento das pesquisas”, relata von Zuben.

 

A startup atendeu, nos últimos 12 meses, mais de 700 diferentes clientes em todo o território nacional, estando presente em 20 estados do país. O estado mais relevante é o Rio Grande do Sul, com mais de 180 clientes atendidos, seguido por Minas Gerais e São Paulo. Na distribuição da quantidade de cabeças de gado que foram administradas com os produtos da Decoy, o estado gaúcho continua com sua destacada importância, com 114.518 animais, o que representa 54,5% do rebanho total que a startup já tratou. 

 

Foco no mercado gaúcho

 

A Decoy - que viu seu faturamento crescer 437% em 2020, com relação ao valor apurado em 2019 -, mira suas operações para o estado do Rio Grande do Sul, região com alguns dos maiores produtores de rebanho bovino do Brasil e que sofre anualmente com as infestações de carrapato. Principal praga da pecuária gaúcha, os parasitas são transmissores da Tristeza Parasitária Bovina e causam a morte de ao menos 100 mil bovinos por ano, gerando grandes prejuízos aos produtores locais, segundo estimativas da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR). 

 

“Oferecemos ao mercado uma alternativa eficaz contra uma praga que traz prejuízos bilionários à pecuária, principalmente a gaúcha, e fazemos isso com um tratamento 100% biológico. Acreditamos que a participação na Expointer será a chave do sucesso na nossa estratégia. Por ser o principal evento voltado para o pecuarista do Sul do país, é o momento crucial para realizarmos nosso posicionamento na região e, quem sabe, se tornar um divisor de águas na história da empresa”, afirma o CEO da Decoy. 

 

No evento, que reúne as últimas novidades da tecnologia agropecuária e agroindustrial, a startup de biotecnologia espera estabelecer ainda mais contato com os produtores gaúchos e impulsionar as parcerias na região por meio de condições promocionais e exclusivas. “Estamos direcionando toda a estrutura de nossa empresa para as demandas dos produtores. Nossa presença e foco de atendimento estarão voltados ao produtor gaúcho”, finaliza von Zuben.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp